Aumento de pênis: o que você precisa saber

Antes de analisar as técnicas a que se pode recorrer em caso de necessidade ou demanda de aumento do tamanho do pênis, é importante ter em conta que a primeira coisa que alguém deve colocar nestes casos é se a sua preocupação é real. E é que, tal como nos diz o doutor Javier Cambronero Santos, urologista do Hospital Quirónsalud São JoséEste link abrirá em uma nova janela, “a maioria dos pacientes que procuram um aumento de pênis tem um tamanho e funcionalidade normais, embora lhes parece que não, fato que em psicopatologia é chamado de transtorno dismórfico corporal. Nestes casos, é provável que o que realmente precisam dessas pessoas seja um tratamento psicológico e não cirúrgico”.

Aumento do pénisAumento do pénis

O que se considera um tamanho “normal” do pênis

O especialista explica que “um pênis flácido é geralmente medido entre 7,6 e 10,3 cm de comprimento e entre 8,5 e 10,5 cm de circunferência, mas o certo é que medi-lo nesse estado é um erro, já que o correto é tomar as medidas do pênis em ereção. De fato, com muita frequência, os paus-de menor tamanho em flacidez alcançam a mesma dimensão em ereção do que os de maior porte”.

Casos de cirurgia de pau

Na opinião do médico, muitas das consultas realizadas pelos pacientes são originadas pela falsa crença de que “maior é melhor”, e pensam que, se aumentam o tamanho também irá melhorar a qualidade e a frequência das relações sexuais, quando esta relação não é assim que funciona. Por isso, distingue entre dois tipos de cirurgias:

  • Micropenes que precisam de cirurgia reconstrutiva (que envolve cirurgiões plásticos e urologistas) e que podem ser de origem congénita ou o efeito de uma amputação.
  • Melhoria do aspecto do pênis de tamanho e forma quase normal

Alongamento de pénis

Dependendo do caso e as suas necessidades, podem-se utilizar diferentes técnicas:

  • Lipoaspiração do púbis. Há que ter em conta que se trata mais de um “efeito óptico”, já que o pênis, como tal, mantém seu tamanho, mas parece maior comprimento, devido ao desaparecimento da gordura, que o ocultava em parte.
  • Transposição da bolsa escrotal.
  • Secção do ligamento valentine’do pênis, o que permite ganhar 1 ou 2 cm de comprimento.
  • Extensores peneanos, que se usam durante um ano podem atingir um aumento de cerca de 2 cm de comprimento, tanto em portugal como em ereção.
  • Para solucionar os casos mais graves pode fazer fazer retalhos cutâneos, mas envolvem um maior risco de deformação.

Anatomia do peneEngrosamiento de pau

O especialista nos enumera as técnicas que se usam:

  • Injeção de gordura da própria pessoa. Costumam obter bons resultados, apesar de que possam ser pequenos nódulos ou deformações.
  • Ácido hialurônico, que se pode empregar o espessamento da glande e oferece bons resultados.
  • Retalhos dermograsos. Chegam a alcançar um aumento entre 2 e 5 cm, mas com uma taxa de complicações de maior.
  • Aumento do tamanho dos corpos cavernosos com veias próprias ou algum material sintético. Emprega-Se em casos mais graves, e você ainda pode adicionar uma prótese peneana inflável, embora o médico nos diz que “esta possibilidade é geralmente relegar a reconstruções complexas”.

Resumindo, o aumento do pénis através de técnicas estéticas oferece os seguintes resultados:

  • Alongamento de 1 ou 2 cm
  • Espessamento de 2,5 cm de média

Além disso, o doutor Cambronero nos insiste na necessidade de avaliar os fatores psicológicos, antes de tomar qualquer decisão ou, claro, o planejamento de uma cirurgia.

Aumento de pênis: o que você precisa saber
Rate this post